You are here
Adriana Esteves Drivla 

Adriana Esteves grava depoimento para o documentário sobre Dalva de Oliveira

 

Dalva de Oliveira vai ter vida e obra recontadas em documentário filmado por Bernardo Martins, neto da artista e filho do cantor Pery Ribeiro (1937 – 2012) com a produtora Ana Duarte. No Rio de Janeiro (RJ), Martins já colheu depoimentos de nomes como Maria Bethânia, Adriana Esteves,  o pesquisador musical Ricardo Cravo Albin, o compositor João Roberto Kelly, o cantor Márcio Gomes (intérprete identificado com o estilo de canto pré-Bossa Nova) e um garoto de 13 anos, Junior, que cultua o canto de Dalva desde os sete anos de idade. Além do centenário de nascimento da cantora, este ano de 2017 marca também os 80 anos do início da carreira fonográfica da artista, cujo primeiro disco foi gravado em 1937 com a dupla Preto e Branco. Formada por Herivelto Martins (1912 – 1992) e Nilo Chagas (1917 – 1973), a dupla se tornou em 1940 o Trio de Ouro com a adesão de Dalva.

Na visão do diretor, o fato “comprova a força da música feita com verdade”. “Uma das coisas mais tocantes que entendi no decorrer de todo esse processo de mergulho e transformação é que, para a minha avó, não existia separação entre a artista e a pessoa que ela era no dia a dia. Havia uma entrega total ao ofício, e me identifiquei muito, percebi melhor quem eu sou, de onde eu vim, porque me comporto de certas maneiras, foi tudo muito bonito e libertador. Chorei várias vezes durante as filmagens”, confessa. Martins afirma que a emoção vinha das histórias que as pessoas contavam. “Algumas, inclusive, conviveram muito pouco com ela, mas ainda assim foram tocadas por sua música e a maneira de transmitir os sentimentos”, constata.

Fontes:

g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/post/neto-de-dalva-documenta-em-filme-o-reinado-da-cantora-da-era-do-radio.html

http://www.otempo.com.br/divers%C3%A3o/magazine/os-100-anos-de-uma-rainha-chamada-dalva-de-oliveira-1.1469383

Related posts

Leave a Comment