Drivla

O primeiro contato dos dois foi ao final de uma sessão da peça A Máquina, em 2000, no qual Vladimir apresentava, no teatro “Sesc Copacabana”.

Mas, Adriana Esteves e Vladimir Brichta só vieram a se conhecer, realmente, nos bastidores da novela “Coração de Estudante”. Adriana era casada com o ator Marco Ricca, e Vladimir com a atriz Ana Paula Bouzas. Na novela, Adriana vivia a fazendeira Amelinha, uma riquinha mimada que não assumia o amor que sentia por Nélio, um peão xucro e ignorante extremamente apaixonado por Amelinha. Durante o período da novela, Adriana e Vladimir tornaram-se grandes amigos, criando laços fortes de respeito e cumplicidade mútuos.

DRIVLA (1)

Essa aproximação maior veio, também, do fato de Adriana ter perdido sua irmã durante as gravações da novela, então Vladimir sentiu-se sensibilizado, por já ter passado situação parecida de uma perda muito grande (Gena, mãe biológica de sua filha, Agnes).

“Conheci o Vladimir nessa época. Fazíamos novela juntos e ele me via muito triste pelos cantos. Um dia chegou para mim, do nada, e disse: “Olha, uma hora essa dor vai diminuir e você vai sorrir outra vez.’”, conta a atriz.

No ano seguinte, contracenaram novamente como Lola e Enrico na novela “Kubanacan”. Ambos separaram-se de seus respectivos cônjuges, e no final da novela, começaram a namorar.

DRIVLA (3)

Eles contam em uma entrevista que tiveram um diálogo (engraçado para a situação), onde demonstraram interesse um pelo outro. Foi mais ou menos assim:

V: Eu me apaixonei por você.
A: Eu também.
V: Então valeu, tchau.

drivla 1

Depois disso, eles não tocaram mais na questão por um bom tempo, até que o assunto veio novamente à tona, também de uma maneira cômica:

V: Sabe aquele negocio? Não passou…
A: Também não passou…

Foi quando Naná (Anaíde Karabachian), assessora, amiga de muitos anos e fiel escudeira de Adriana, como ela mesma costuma chamá-la, deu um “empurrãozinho” para a relação dos dois, aconselhando-os, pois realmente pareciam ter sido feitos um para o outro.

Em 2005, na festa de lançamento de A Lua Me Disse, novela em que Adriana era protagonista e fazia par romântico com Wagner Moura, melhor amigo de Vladimir, Brichta assumiu estar noivo de Adriana. Os dois usavam pingentes que simbolizavam o compromisso. Vladimir usava o pingente no pescoço e Adriana no pulso.

No dia 11 de fevereiro de 2006, Adriana e Vladimir casaram-se em uma cerimônia civil, reservada aos familiares e amigos do casal. Bastante inovadores e desprendidos de supertições, Adriana e Vladimir chegaram juntos à cermônia. No convite, os noivos inovaram, também, ao trocar os nomes dos pais, pelos nomes dos filhos. Agnes e Felipe convidaram amigos e familiares do casal para a grande festa de casamento que ocorreu na Mansão das Heras, no Rio de Janeiro.

casamento 11 fev 2006 (4)

Vladimir e Adriana gostam de dividir as atividades com a família. A agenda dos dois é sempre muito corrida, porém a família está sempre em primeiro lugar.
“A gente tenta jantar juntos sempre, embora os horários de cada um sejam malucos. Mas, às vezes eu estou na sala lendo um livro, olho em volta e vejo Vladimir brincando com o Felipe, a Agnes com o Vicente… as relações entre cada um de nós são muito diferentes, mas muito intensas.”, revela Adriana.

Após dez anos de Kubanacan, Adriana e Vladimir estrelaram seu primeiro filme juntos. “Real Beleza”, de Jorge Furtado, promete ser o grande destaque do ano de 2015 para os fãs. O filme tem previsão de estréia para 6 de agosto de 2015.

DRIVLA (2)
São nove anos de casamento, mais dois de namoro e continuamos trocando mensagens o dia inteiro. A vontade de estar junto não diminui. […] Vlad é um homem maravilhoso, parceiro adorável, amigo fiel. É um elemento agregador da minha família.”, conta Adriana em uma entrevista em 2015.

Mas a parceria não parou por ai. Adriana e Vladimir estrelaram, ambos pela primeira vez, como dubladores do filme “Minions”, que estreiou no dia 25/06/2015, e foi sucesso de bilheteria. No filme, Adriana deu voz à vilã Scarlet Overkill, e Vladimir, ao marido da vilã, o vilão Herb Overkill.

Vladimir só tem elogios à parceira. Define-a como quem tem “alma demais”.
“… por mais que eu viva ao lado dela intensamente há quase dez anos, ainda é um mistério para mim. Tenho pistas, pois conheço bastante de sua história, das dores e das alegras, de onde veio e por onde passou […] Sou o que cata a poesia que ela entorna no seu dia a dia […] Apaixonada por suas escolhas, linda e predestinada a ser lida como poesia.”, conta Vladimir à revista Lola (2012).

Adriana e Vladimir já fizeram também uma série de campanhas publicitárias juntos, como: “Vinagres Minhoto”, “Oi”, margarina “Delícia”, “Zero Cal”, “Havaianas” e “Dermacyd”.

 

REFERÊNCIAS

– Revista Marie Claire, Editora Globo, Setembro/2007, Nº 198 

– Revista Lola Magazine, Editora Abril, Setembro/2012, ano 2 – Nº 24

– Revista Claudia, Editora Abril, Março/2015, ano 54 – Nº 3

– Programa Só se for a 3, Multishow, exibido dia 07/11/2014 

Pular para a barra de ferramentas